Nova Iorque proíbe o uso de isopor

Fernanda Sophia 11 de janeiro de 2014 0

isopor

Em dezembro de 2013, por unanimidade, o Conselho da cidade de Nova Iorque

aprovou a proibição do uso de recipientes (copos, vasilhas, etc.) de poliestireno

estendido (isopor).

Nova Iorque é a maior cidade dos EUA a implantar a proibição do uso descartável

de recipientes de isopor. O Prefeito de N.Y.C., Michael Blooberg, promete assinar o

projeto de lei antes de deixar seu cargo, no final deste ano.

O isopor polui por si e ao impedir o fluxo de resíduos, disse o Prefeito em um

comunicado após a votação do Conselho.

São consumidos anualmente cerca de 2,5 milhões de toneladas de isopor em todo

o mundo. Já no Brasil, de acordo com estudo realizado pela UFRGS – Universidade

Federal do Rio Grande do Sul, o consumo é de 3,6 mil toneladas, cerca de 1,5% do

consumo mundial.

Enquanto o uso de isopor descartável não é proibido no Brasil, façamos a nossa

parte.

Atualmente os nova-iorquinos descartam 23 mil toneladas de isopor por ano.

A Democrata Chistine Quinn comentou que a

maioria do isopor acaba em aterros sanitários, onde pode permanecer por,

literalmente, 500 anos ou mais. E concluiu irônica: a única coisa no mundo que vive

mais tempo do que as baratas ou a atriz e cantora Cher é o isopor.

About the author

Fernanda Sophia para visualizar o curriculum clique aqui: http://sosplaneta.com.br/curriculum/

Deixe seu comentário