Retalhos da Amazônia

Jimy Mauricio Piha 2 de setembro de 2013 0

Semana passada tive novamente a oportunidade de sobrevoar a gigante floresta amazônica de sul a norte.
Enquanto a grande maioria das pessoas estão entretidas lendo revistas ou assistindo a filmes, eu nunca considero voar algo obvio por si só.
Sempre quando viajo faço questão de sentar na janela para ver a topografia do mundo lá de cima.
Ver o reflexo do sol sobre as nuvens, sentir a paz dos céus, por algum motivo considero a natureza bela.

Desta vez não foi diferente, sentei e fiquei acompanhando o trajeto pelo mapa e estudando a rota.
Naquela manha céu estava aberto e a visibilidade nítida.
Testemunho com os meu olhos algo que já estamos sendo alertados faz tempo.
A floresta amazônica tornou-se uma zona de retalhos.
Parte e’ devastada por fazendas, queimadas, extravio ou simplesmente virou pasto, parte e’ o que restou da então gloriosa floresta, o berço da vida.

Ainda não caiu a ficha na cabeça do cidadão brasileiro.
O estado do Amazonas tem uma boa porcentagem de preservação, porem todos os outros estados tornaram-se retalhos da floresta.
No Acre, Para’, Mato Grosso, Roraima, Rondônia. Tocantins, Amapá, Maranhão. etc..  a floresta, propriamente dita, já não esta mais lá. Sobraram apenas retalhos.
Quem deseja entender ao que me refiro pode simplesmente entrar no Google Maps e constatar o sumiço da floresta.

“Rio + 20”, “Brasil Modelo de Sustentabilidade” e outras mentiras, divulgam para esconder o pior crime ambiental de todos os tempos. A vida do mundo e’ destruída enquanto a grande maioria das pessoas nem entendem do que eu estou falando.

Atitude!

Amazonia em  Retalhos

 

About the author

Jimy Mauricio Piha Jimy Mauricio Piha busca soluções para os extraordinários desafios que a civilização enfrenta para sobreviver num mundo, que por ironia, continua sendo destruído pela própria civilização. Aqui dedica grande atenção aos temas ecológicos, pois é literalmente a luta pela vida. Jimy é o autor do livro: "Minhas Cartas na Sua Mesa" e outros artigos acessíveis no seu website.

Deixe seu comentário