Energia solar vai se tornar mais barata no Brasil

Mariana Ferreira Gonçalves 10 de julho de 2012 1

No mês passado, durante o Fórum Mundial de Energia Renovável, o  secretário americano de energia Steven Chu disse que o Brasil se juntaria a um número crescente de países onde a paridade foi alcançada. Isso significa que a energia solar é mais barata do que a convencional, o que já acontece na Itália e na Espanha. Em 2013, esta forma de energia renovável e não poluente também será mais barata no Brasil e na Califórnia isto está às vésperas de acontecer.

Segundo o relatório do Fórum, o custo de um conjunto fotovoltaico de 5 kilowatts custa cerca de R$ 602 por megawatt/hora produzido. Isto equivale a U$ 299 por megawatt hora, de acordo com a Bloomberg. O estudo afirma que das 60 plantas solares do país, 10 tinham custos maiores que R$ 603 reais por megawatt/hora no começo de 2011. E ainda de acordo com o documento, o custo da energia solar pode cair mais no país se consumidores entrarem no programa governamental Proesco, programa do BNDES e do Ministério de Minas e Energia que vai conceder 200 milhões de reais em créditos para que as empresas se tornem mais eficientes energeticamente causando menores impactos ao meio ambiente. Sob este programa, o custo vai para R$ 586 por megawatt/hora. De acordo com a Clean Energy Authority, os custos para montar o sistema estão começando a se tornarem também para as residências brasileiras, uma vez que nosso país é abundante em dias de Sol.

About the author

Mariana Ferreira Gonçalves Redatora. Para visualizar meu curriculum, clique aqui.

Um Comentário »

  1. Bia 10 de julho de 2012 às 23:11 - Reply

    Este programa para transformar a energia em uma alternativa mais limpa deveria ser mais divulgado. Vou compartilhar com amigos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *