Projeto Can City propõe móveis completamente sustentáveis.

Carolina 16 de julho de 2013 0

A dupla de designer Azusa Murakami e Alexander Groves do Studio Swine, que se foca na inovação de materiais e na criação de processos sustentáveis, estiveram recentemente em São Paulo para uma residência de seis meses, durante a qual eles pesquisaram resíduos urbanos que pudessem ser reaproveitados para fabricar peças de mobiliário.

O resultado dessa pesquisa é o projeto Can City que em parceria com o Coletivo Amor de Madre eles unem design e sustentabilidade de uma maneira artesanal e inovadora.

Eles construiram com objetos usados e um barril velho de chopp, um aparelho de fundição móvel para derreter latas de alumínio. Como combustível, foram usados óleo vegetal recolhido de barracas de pastel de feira. A idéia é que catadores de lata possam produzir móveis com uma estética nativa própria, criando um retrato das ruas a partir de latas, areia e óleo vegetal.

Em março rolou a exposição do projeto e durante a abertura foram servidos pastéis. O óleo da fritura foi utilizado para que o público pudesse ver a máquina funcionando.

O projeto é open source e logo estará disponível no site do Studio Swine. O que eles desejam é que o projeto seja implantando em diversas cidades e que seja utilizado pelo maior número de pessoas, devido à sua facilidade de utilização e encontrar materiais.

Veja o vídeo e entenda como o processo funciona:

 

About the author

Carolina

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *